18 novembro 2007

dia nacional do não fumador

Só para lembrar que ontem foi um grande dia - Dia Nacional do Não Fumador - ou seja, o meu dia e o de muitas pessoas que ainda têm dois dedos de testa, sem querer ferir susceptibilidades.

Nos dias de hoje, há 1 pessoa a morrer a cada 8 segundos com doenças relacionadas com o tabagismo. Pensem nisto.

Sou francamente a favor das medidas contra o tabaco em alguns locais, nomeadamente locais fechados (e isto já engloba uma quantidade de sítios), escolas e parques naturais, que devem ser preservados a todo o custo.
Infelizmente, a grande maioria dos fumadores são uns egoístas desmedidos e estão a marimbar-se para isto. Isto é lamentável e revela a enorme falta de civismo que estas pessoas transbordam por todas as células. Depois queixam-se quando são tratados como ‘ovelhas negras’ e isolados em ilhas que dizem “zona reservada a fumadores” onde uma nuvem asquerosa paira por cima das cabeças, criando até algum repúdio para os próprios fumadores.

Sou completamente contra a discriminação mas o comportamento comodista de alguns fumadores enerva-me profundamente.

Para pulmões negros já basta o facto de vivermos num ambiente mal tratado e sermos obrigados a respirar para viver.

2 comentários:

ricardo disse...

Todos os dias, ao almoço, vou tomar café a um local onde sempre foi proibido fumar. Ninguém respeitava tal regra e os donos do estabelecimento nada faziam com medo de perder os clientes.

Acontece que, há cerca de uma, duas semanas, o panorama mudou radicalmente. É rigorosamente proibido ali fumar e ninguém o faz. Pergunta, alguém deixou de lá ir almoçar? Não. Há menos clientes do que o habitual? Não.

Então porquê o medo de seguir uma lei igual à de outros países na Europa?

Beijos :)

Sonia disse...

Apesar de ser fumadora achommuito importante respeitar os que não fumam e sou totalmente a favor de não se fumar nos locais fechados.
Quanto às ilhas para os fumadores bastante visiveis nos aeroportos são realmente asquerosas, até para os que fumam...e verdadeiramente irrespiráveis.