04 outubro 2010

quem é quem


Lembro-me tão bem de ser pequenita e estar horas a jogar ao Quem é Quem. Jogava com a minha priminha Filipa. Coitadinha, ela perdia sempre. E eu não fazia batota mas ela insistia em perguntar-me características do meu boneco com base no boneco dela, ou seja, era canja. Era ela a perguntar-me se o meu boneco tinha óculos e eu a baixar todos os que, do meu lado, não tinham óculos. Ela não percebia porquê e eu nunca lhe disse. Isso é considerado batota? Na naaaa.

2 comentários:

Pedro disse...

:) Lembro-me perfeitamente de jogar e também me recordo do nome do boneco no anúncio de televisão. Ainda se lembram a quem é que o anúncio fazia referência?

Por outro lado, e nos dias de hoje, tinham de introduzir algumas alterações. Coisas tão simples como "Tem piercing?"; "Tem tatuagem?"; "Tem conta no Facebook?".

Os tempos mudam mas nestes jogos tradicionais gosto mesmo mesmo é das versões originais.

P.

Alexandra disse...

Eu também adorava jogar, o mais giro era quando tinhamos duas cartas ao mesmo tempo para tentar adivinhar, era muito mais desafiante. O meu jogo é igualzinho ao da imagem.