30 agosto 2011

ser·en·dip·i·ty

Serendipity (2001)
Acredito no destino. Sempre acreditei. Tal como a senhora do filme, também eu acho que as coisas acontecem por um qualquer motivo. Seja ele bom ou mau. Mas também sou pelo inesperado. Pelos acidentes de percurso. Por tudo aquilo que aparece na nossa vida de forma desgarrada. Sem nexo. Que nos tira o fôlego e descompassa o coração. Serendipity. Gosto!   

3 comentários:

Pedro disse...

Um dos meus filmes favoritos. Tens de ir ao restaurante em NYC.

P.

Só sedas disse...

Não vi o filme mas a palavra dá-me vontade de rir. Parece que faz cócegas! Lol

Xana disse...

É uma das minhas palavras preferidas, desde que vi o filme - há muiiiiiiiito tempo! :) Fomos ao restaurante em NY.