24 julho 2012

fontes duplas


Acho que isto já aconteceu e vai continuar a acontecer a todas as alminhas. Normalmente, são as pessoas de quem mais gostamos que mais nos ferem. Não porque nos façam mais mal do que as outras, apenas dói mais. Muitas vezes nem notam que não estamos bem ou então notam mas o que fazem não é o suficiente para nos deixar bem. Acontece de tudo... mas no meio disso, pondero sempre se faz sentido que a fonte de alegria seja ao mesmo tempo a fonte de tristeza. 

2 comentários:

Só sedas disse...

tão verdade...

Anita Garcia disse...

Não faz sentido algum!
Digo-te isto com toda a convicção que me é possível porque nisso tenho matutado nos últimos meses desta minha vida. Não faz sentido NENHUM! Ponto.
Se já fiz algo quanto a isso? Não... Só mesmo matar a minha cabeça... humpf!