27 novembro 2012

just leave


Tão simples, não é?

2 comentários:

margarida disse...

Sim, é. Eu não percebo, se se tem vontade de trair, para quê ficar?

Depois tb compreendo que há coisas que não são assim tão simples, em relações de vários anos, com filhos, a vida, enfim... Mas devia ser.

Sofia Costa disse...

Isso são desculpas... Se a relação é de vários anos, e há família e património em comum (como já ouvi dizer), filhos e tudo mais, então mais um motivo para haver respeito e honestidade com a pessoa que está ao nosso lado. Se o amor acabou, se foi um engano ou a relação já não funciona, o melhor é terminar... de forma civilizada. Isso é que é não complicar.