21 outubro 2013

ajudar o surf?


«Este é um tema muito complexo, com o qual tenho tido algumas dificuldades de interacção... Tenho dificuldades, porque a praia, as ondas estão na minha vida há 22 anos, e durante esses 22 anos já vi quase de tudo neste meio. Comecei a surfar com os meus amigos, onde havia poucos exemplos para observar e aprender. Haviam duas revistas de surf portuguesas (curiosamente tal como agora), estávamos longe de pensar que algum dia iriam haver escolas de surf, fatos maleáveis e transmissões em directo dos campeonatos do mundo de surf. As idas para a praia eram feitas de transportes públicos, quando saiamos da "nossa praia" os nossos pertences ficavam na areia cobertos por toalhas ou dentro das capas das pranchas, sempre na esperança de não sermos roubados. Foram tempos muito engraçados e que de uma maneira ou de outra nos prepararam para várias adversidades na nossa vida. Eram tempos selvagens, onde ser surfista era fazer parte de um grupo restrito com um imenso orgulho!! Entretanto as coisas foram mudando e acredito que muitas mudanças foram para melhor. Não gosto de ficar agarrado ao passado nem sou dado a grandes nostalgias, mudou para melhor? facilitou-nos a vida? PERFEITO!! Ficam as memórias dos tempos mais dificeis, essas memórias são muitas e maravilhosas. De há uns tempos para cá, apareceram uns certos senhores que vieram ajudar o surf a crescer... Mas espera lá... trouxeram melhores ondas? mais respeito na água? mais respeito pela natureza? Não! trouxeram mais desenvolvimento comercial à indústria do surf, às juntas de freguesia ou Câmaras Municipais. Por isso é bom que se faça essa distinção, ajudaram a indútria do Surf e não propriamente o surf. O campeonato do mundo assentou arraiais em portugal, e ainda bem, as marcas de telecomunicações entraram em força no desporto a patrocinar os campeonatos todos e mais alguns, e ainda bem também. Isso deu mais projeccção e mais hipóteses aos nossos surfistas que fazem vida da competição atingirem os seus objectivos. As escolas de surf já não se conseguem contar pelos dedos dos pés e das mãos nem dos pés, e claro também estão a ajudar o surf e a sua própria contabilidade (ou a confusão suprema dentro de água). Uma entidade bancária entrou também agora no surf, e para o ajudar claaaaaroo!! Aliás basta ouvir os cabecilhas desses grandes grupos a falar para percebermos que o que mais querem é ajudar o surf, eles que percebem tanto de surf como eu de cricket. Recentemente saiu uma noticia que vão construir uma piscina de ondas em peniche, 70 milhões de investimento!!! 70 milhões!!! Ok dizem que é um investidor privado, eu não acredito. Quem é o suicida que vai investir 70 milhões numa piscina em peniche??? Mas pronto, dando o beneficio da dúvida... siga para a frente, o dinheiro é privado ninguém tem nada a ver com isso. Mas... e se for com dinheiros públicos?? qual o sentido que faz construir uma piscina de ondas numa região do país que é "apenas" a melhor zona de ondas de portugal para se fazer surf?? Peniche tem ondas boas 90% dos dias!! Funciona com quase todos os ventos e ondulações, está a 100km da capital o que implica um gasto de gasolina e portagens na ordem dos 40€ ida e volta no minimo. Ou seja, alguém vai andar a caminho de peniche para surfar numa piscina quando no mar estão altas ondas?? A sério, acham que faz algum sentido?? mas pronto lá está, estão a ajudar o surf!! Afastando-me um bocado e vendo de fora, a sensação que tenho é que fomos invadidos por uma cambada de chupistas que não percebem a ponta de um corno de surf, mas que de repente todos querem imenso ajudar e colar-se à sua imagem. Porque vende saúde, porque vende bem estar, porque vende pessoas bonitas. Eu só gostava que estes iluminados me respondessem, se gostam tanto de ajudar o surf, porque não investem por exemplo em: Duches nas praias a funcionarem o ano todo (excelente exemplo o de carcavelos), cacifos nas praias, segurança nos parques de estacionamento, regras e fiscalização apertadas nas escolinhas de surf, balneários e wc públicos nas zonas de surf. Pois isso já não dá dinheiro não é?? Gostava também de saber, se querem tanto ajudar o surf porque não investem por exemplo nas revistas, sites e todos os meios de divulgação do surf. As revistas estão com dificuldades, os sites também, os fotógrafos também, muitos surfistas também e na verdade são esses mesmo que AJUDAM verdadeiramente o surf a crescer, todos os dias!! Só gostava verdadeiramente que chamassem as coisas pelos nomes certos, que muitos admitam que apenas se ajudam a si próprios e na verdade se estão bem a cagar para o surf e para os surfistas. Um abraço a todos os que vedadeiramente ajudam o surf, eles sabem quem são e ao referir alguns vou-me esquecer de outros de certeza, por isso não lanço nomes. Todo o surfista que surfa com paixão ajuda o Surf diariamente, nem mais, nem menos.» 
André Carvalho, um frame com vida

Li este texto e concordo plenamente. Quem enche os bolsos com isto do surf são os empresários gulosos que se estão a marimbar para o surf e para os surfistas. Eu não estive lá, mas o meu homem {que é um homem do mar} esteve e só resmungava com o facto das bancadas estarem em cima das dunas, que era uma vergonha deixarem que aquilo aconteça. Tudo para que os betuchos armados em interessados do surf ficassem confortáveis. Querem ver surf, que sentem os rabinhos na areia. 
Eu concordo.

1 comentário:

Pedro disse...

O ridículo é saber-se que para o ano, o investimento nas infraestruturas terá que ser obrigatoriamente maior (senão o evento deixa de se realizar em Portugal)! Se este ano aquilo já parecia um estádio de futebol cheio de bancadas para os pseudo-vip que de nada percebem de surf, para o ano, até tenho medo do aparato que será!
Ah e tal, surf, ecologia, ambiete e cenas..e depois, pimba! Bora lá estragar umas dunas que a malta não se importa..
Palhaçada!
:(