31 janeiro 2013

os meus dentes são famosos!


Por muitas vezes aqui falei das minhas idas ao dentista. Foram mais de 2 anos com aparelho nos dentes e que correram super bem. Claro que nunca mais voltei a por os meus dentinhos nas mãos de outra pessoa que não nas do Pedro. Pois que a clínica que frequento tem um site novo - Prime Clinic {aconselho a todos, é absolutamente fantástica!} e qual não é o meu espanto quando reparo que um dos Casos Clínicos sou EU. Pois claro. Estas imagens de dentes dão-me sempre nojo, mas neste caso, até estou quase a dar beijos no ecrã. Não sou atriz, nem apresentadora, nem tenho mamas de silicone mas apareço no site da malta famosa. Não pensem vocês que sou rica, porque os preços que se praticam são normalíssimos. Já a malta famosa, sim... cruzei-me com alguns. Gosto muita da maltinha da clínica. Só gente baril!

conversas elétricas


o para sempre é até um dia


O "para sempre" é "até um dia".

Já em tempos o disse e nunca mais me esqueci desta frase que passou a ser quase um lema. Felizmente, não estou no ponto em que estava quando pensei seriamente nela {longe disso} mas a verdade é que o facto de ter consciência disso, tornou a minha vida melhor.

cansada de apagar fogos


30 janeiro 2013

duode... quê?


Não adianta... não há vez que ao ouvir a palavra duodécimos {acho que vai ser a palavra do ano} não me venha a palavra duodeno à cabeça. É imediato!

26 janeiro 2013

um bom cantinho

Cláudia L.
Ontem jantei no Cantinho do Avillez e gostei muito. O staff é muito atencioso e o espaço muito confortável. A comida estava ótima {sempre que há vieiras na carta, raramente me escapam} e o vinho uma agradável surpresa. Gostei e recomendo.

24 janeiro 2013

run forest run


Estou inscrita na minha primeira mini maratona. Estou para ver se os treinos estão a surtir algum efeito...

23 janeiro 2013

21 janeiro 2013

sob suspeita





Agora que já não há Homeland para ninguém, há que tentar compensar a falta do Brody e da Carrie. Começámos a ver o Sob Suspeita e está a ser bem interessante. Para além disso, é sempre um prazer rever o Mr. Caviezel. É já hoje o episódio 3 e 4.

coisas - boas - pessoas


Ora aqui temos uma visão muito otimista das pessoas. Há muita gente que nem de desentupidor as coisas boas saltam cá para fora. É só ressabiamento lá por dentro... longe, muito longe.

não te mexas não...


Deixa-te estar sentadinha à espera que vais ver se vais longe. MEXE-TE! Não esperes... toma a iniciativa. Caga-te nisso. Não sejas choninhas, pá!

{isto sou eu de mim para mim... não se sintam insultados, ok?}

amor escondido

Cláudia L.
Vá lá malta, quando começam a ter necessidade de esconder as coisas, de apagar vestígios, de falar por meias palavras, é sinal que está na hora de saltar fora do barco. Quando enganam, não se sentem sempre embrulhados? Eu já enganei {e senti-me enganada} e era assim que me sentia. Sempre mal disposta. A comida nem passa e à noite o sono é intermitente. A vida é tão curta para nos andarmos a enganar. Sejam crescidinhos. Eu {nisso} já cresci. 

:)


Boa semana, minha gente. :)

17 janeiro 2013

espombalhados


Eu detesto pombos... mas detesto mesmo. Mas daí a querer vê-los assim esfrangalhados {ou espombalhados}, também não. Vá que estes são só bonecos.

{sábios} ditos populares


dedos enrugados


Pois que o facto de ficarmos com os dedos todos enrugados quando estamos de molho vem de uma vantagem competitiva na nossa evolução. Ao que parece, é mais fácil manusear ferramentas dentro de água, já que escorregam menos. Faz sentido! Dizem que dava muito jeitinho quando grande parte da nossa alimentação vinha da água. Espetáculo. Adoro estas curiosidades.

coca-cola sobre obesidade

16 janeiro 2013

fogo no rabo


Chego à conclusão que não preciso de olhar para o relógio quando estou no trabalho... há pessoas que são verdadeiros cronómetros. Às 13h e às 18h {absolutamente em ponto!} pulam da cadeira como se tivessem molas {uhmmm... será que existem cadeiras com essa tecnologia?}. Sei sempre que está na hora do cuuumer e de sair. E pensar que em tempos me chamavam sindicalista... 'tá certo!  

falar a verdade


Sempre. Já aprendi isto há muito tempo... tudo fica mais fácil.

aos trabalhos divertidos

15 janeiro 2013

o ♥ de todos os dias


Cada vez mais me convenço que o amor é construído todos os dias. O amor toma forma na continuidade de uma série de coisas que acontecem todos os dias. Todos os dias, vamos montando este puzzle que nunca fica completo. Vai-se completando. Vai crescendo. É interessante olhar para trás e perceber que tudo o que fiz para trás foi sempre tão diferente. Faltava-me perceber isto... perceber que o amor é feito de etapas e que não devo temer quando sei que consigo amar sempre mais um bocadinho. Dantes pensava ao contrário... pensava que já amava tanto que era impossível amar mais. Agora penso e sinto diferente. Penso de forma construída. Construo o que sinto e, ao mesmo tempo, sou surpreendida com o inesperado que isso é. De facto, a idade só nos traz coisas boas. 

espargos selvagens

Cláudia L.

Espargos selvagens. Isto, em ovos mexidos com uns mini quadradinhos de chouriço é um petisco do melhor que pode haver. O problema é que nem toda a gente os consegue ver... mas eu já aprendi. O sogro ensinou.

14 janeiro 2013

no campo é que se está bem








{fotos: Cláudia L.}

Mais um fim de semana passado no campo. Longe dos barulhos da cidade. Por lá há mais estrelas. Gosto de lá estar. Gosto de mexer naqueles utensílios grosseiros. De ficar com as mãos com calos e com as unhas pretas. De estar sempre com frio. Um frio que só se sossega com uma lareira que está acesa horas a fio. De apanhar espargos selvagens e na volta uma super chuvada. Mas depois da chuva... um arco-íris perfeito. Completo e super colorido. Depois de ajudar na poda da vinha, carregar pequenos troncos no carrinho de mão, voltar para casa, onde o almoço e o jantar são repletos de ingredientes da horta. Comida caseira. Comida sincera. Gosto de lá estar. Gosto mesmo de lá estar.