02 janeiro 2014

aprende-se por aí


A Visão resolveu publicar uma lista de 55 coisas que aprendemos {e que interessam relativamente pouco} em 2013. Eu achei piada a estas mas podem ver todas aqui.

» Há bebidas quentes que mudam o sabor consoante a cor do respectivo copo.
» É mais fácil agarrar objectos quando os nossos dedos estão engelhados - eis uma hipótese que oferece uma "explicação evolutiva" para os nossos dedos ficarem enrugados depois do banho. 
» 2% dos europeus não possuem os genes das "axilas malcheirosas".
» As mulheres parecem mais velhas às 15:30 de cada quarta-feira.
» A tartaruga-de-pente fêmea é capaz de armazenar esperma durante 75 dias. 
» Os macacos mantêm-se afastados de pessoas maldosas. 
» "Tia" é o termo mais popular pesquisado na rede de sites pornográficos na Síria. 
» No espaço, as lágrimas não caem. 
» Baixar o tom de voz é uma forma instintiva de mostrar atração em relação a alguém do sexo oposto. 
» "Lucifer" e "." (ponto final) são nomes de bebes banidos na Nova Zelândia. 
» Os franceses designam o walkie-talkie de talkie-walkie.
» 6x8 é a multiplicação que as crianças mais erram, e 9x12 é a aquela que demoram mais tempo a calcular. 
» O voo comercial mais longo do mundo tem uma distância de 13 mil quilómetros, entre Dallas e Sidney. 
» O "drive thru" do McDonald's não aceita clientes que queiram fazer o seu pedido em cima de um cavalo.
» O pin mais utilizado é o 1234, e o menos é o 8068.
» Os clientes das livrarias compram mais facilmente um romance se sentirem o cheiro a chocolate por perto.
» Os cientistas continuam a não perceber como é que realmente funcionam as bicicletas.
» O aeroporto aconselha às mulheres que são forçadas a casarem no estrangeiro a usarem uma colher na roupa interior.
» Usar roupa de camuflagem na ilha de Barbados (Caraíbas) é considerado ofensivo.
» As pessoas enchem mais o copo se a garrafa for de vinho branco.
» A melhor hora para beber café é entre as 9h30 e as 11h30.
» As mulheres passsam dezasseis meses da sua vida a chorar.
» As mães tendem a achar que os filhos mais novos são mais baixos do que na realidade.

1 comentário:

MARIA REIS disse...

Vou visitar o espelho às 15.30h para confirmar isso!
E... eu não devo fazer parte dessa estatística do choro. Estatisticamente prevendo devo passar 30 meses da minha vida a chorar. rsrsrs
Adoro curiosidades.... estamos sempre a aprender. ; )