06 março 2014

mercado de san miguel / campo de ourique


Quando estive em Madrid fiquei fã absoluta do Mercado de San Miguel. Achei que era o conceito perfeito e que faria todo o sentido existir um em Lisboa. Temos uma gastronomia tão boa que seria, com certeza, uma aposta de sucesso. Imaginei-o no Mercado da Ribeira, pela localização e pela história. Nunca o imaginei em Campo de Ourique. Apesar de gostar muito do bairro, acho-o terrível para estacionar e a população é ainda, na sua grande maioria, muito envelhecida. Ainda não tive oportunidade de lá ir mas já tenho alguns preconceitos. Está demasiado na moda e como tal são sete cães a um osso. Gosto pouco de confusões e muito menos de frequentar sítios onde os betuchos supéchiques tiram selfies para por no Instagram. Posto isto, tenho que perceber qual o dia mais calmo e talvez a mota seja a melhor opção. Alguém que recomende alguma barraquinha?    

4 comentários:

Pedro disse...

Da única vez que lá estive tinha demasiada gente.

Dito isto, e apesar de não ser propriamente aquilo que mais aprecio,lembro-me de uma barraca de sushi. Acho que foi o que me despertou mais a atenção.

P.

Carla Pereira disse...

Também tinha esse preconceito, mas, de facto, o espaço está muito interessante. Estive lá na terça-feira passada e estava muita (demasiada) gente, só conseguimos mesa por volta das 2h30, 3h. Até lá, fomos comendo ao balcão. Escolhemos os Petiscos (não me lembro do nome)e estavam todos muito bons e em conta. O pior foi os 2€ que paguei por um brigadeiro (tamanho normal, isto é, pequeno)!

Cláudia L. disse...

Pedro,
Sushi??? Tu detestas sushi...

Carla Pereira,
Uhmmm... pois, essas esperas desesperam-me... tenho que lá ir, sim.

Pedro disse...

Sim. Pelo aspecto do local.
Não comi nada, claro. :)

P.