24 fevereiro 2015

embalsamei um dente


Afinal os sisos ainda estão cá para ficar mais umas temporadas. As dores horríveis eram fruto de uma necrose no dito dente... {fonix, 'tou a morrer por dentro, caraças...! necrose = gangrena... homessa!}. Posto isto e nada mais havendo a fazer, vai que matei o gajo mas embalsamei-o, que em linguagem de dentistas é desvitalizar. Coitadinha, eu a achar que andava cheia de vida, até a B12 anda bem {sobre isto falamos daqui a uns dias} e vai que tenho que matar um dente. Sobre o que paguei... pá, nem vou entrar por aí, senão desvitalizo já o bolso. Ai a puta da minha vida...

3 comentários:

bluesboy disse...

Eu também já necrosei um dente e penso que isso mais não é que um sinal da nossa infinita sapiência biológica. Se está a dar chatice, degenera :D

e'ventar disse...

Nem mais!
Acaba com o gajo.
Chato é que já ando com 2 cadáveres embalsamados na boca... :D :D

Maria Varredora Pau de Vassoura disse...

Ahhh caragos!
As melhoras!
Merde pra isso!